Teste de Progresso 2018: 26/9, às 14h

 

 

Os alunos do curso de Medicina da Faciplac participarão de um dos maiores eventos do país na área: o Teste de Progresso 2018 da Região Centro-Oeste. O evento será realizado em 26 de setembro de 2018 (quarta-feira), às 14h, na própria instituição. Mais de 11 mil estudantes de 25 escolas públicas e particulares de medicina estão inscritos na edição deste ano. Vale destacar que a participação no Teste Progresso garante, entre outros benefícios, pontuação extra para diversos programas de residência (na etapa de avaliação de currículo).

O Teste de Progresso é uma grande conquista da medicina nacional. E a Faciplac faz parte desta história!

Faça-o com zelo e atenção e colabore para seu aprimoramento pessoal e para nosso curso de medicina.

 

 

PERGUNTAS FREQUENTES

 

1) O que é o Teste de Progresso?

O Teste do Progresso é uma avaliação cognitiva sem caráter de seleção ou classificação, constituído de uma prova institucional que avalia individualmente se o ganho de conhecimento por parte do estudante está sendo contínuo e progressivo, e como o conhecimento está sendo elaborado e consolidado nas áreas básicas e clínicas, importantes para o aproveitamento do internato e o desenvolvimento fi­nal do profi­ssional.

 

2) Quem está apto a realizá-lo?

TODOS os estudantes regularmente matriculados no curso de graduação em Medicina, incluindo desde os calouros do 1º semestre até os internos do 12º semestre. Os estudantes serão pré-inscritos para realizar o Teste de Progresso, entretanto todos devem con­firmar a inscrição, após receber uma mensagem eletrônica, o que deve ocorrer até o dia 25 de agosto do corrente ano.

 

3) Quando e com que frequência será aplicado o Teste de Progresso?

Este Teste de Progresso está sendo organizado por um Consórcio de Escolas Médicas Públicas e Privadas do Centro-Oeste – FACIPLAC, UnB, UFG, UFMS, UFMT, UFGD, ESCS, UCB, UniEvanlégica, UNIDERP, UNIC, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, UNEMAT, UniVR – Aparecida de Goiânia, UniVR – Goianésia, UNICEUB, FAHESA – ITPAC Araguaína, FAHESA – ITPAC Ipatinga, FAPAC – ITPAC Porto Nacional, UNIVAG, UNIVASSO e UNIFAN, com apoio da Associação Brasileira de Ensino Médico - ABEM. O TP vem sendo realizado anualmente e de forma contínua. Na FACIPLAC, esta é a primeira edição do teste, o qual será realizado em local a ser amplamente divulgado.

 

4) Como é composto o Teste de Progresso?

Trata-se de uma única avaliação escrita, composta por 100 testes de múltipla escolha, com conteúdo abrangente ministrado por todas as disciplinas do curso de graduação em Medicina. Todas as questões são contextualizadas com casos clínicos.

 

5) Qual é o objetivo básico do Teste de Progresso?

O Teste de Progresso visa avaliar o desempenho cognitivo dos estudantes durante o curso, assim como aspectos do próprio curso de graduação.

 

6) Para que servem os resultados do Teste de Progresso?

O TP permite determinar a que distância o estudante se encontra dos objetivos fi­nais do currículo e como seu conhecimento tem se desenvolvido em determinado período de tempo por meio da análise sistemática e contínua das curvas de desempenho cognitivo. Permite também avaliar o próprio curso, identificando suas fragilidades e potencialidades.

 

7) Por que devo participar do Teste de Progresso?

Existem várias razões para sua participação ativa, entre elas podemos destacar:

- A realização sequencial do Teste de Progresso permite que o estudante veri­fique a evolução de seu desempenho cognitivo nas diferentes áreas e fases do curso, possibilitando a identi­ficação de potenciais di­ficuldades e incentivando a busca de correção.

- A avaliação dos resultados permite que a Coordenação de Graduação e os membros do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso avaliem, em associação com outras ferramentas, as áreas em que os estudantes estão apresentando maiores di­ficuldades, na busca de correção e aprimoramento dos processos de ensino-aprendizagem de forma global e por áreas especí­ficas. A análise dos resultados do Teste de Progresso permite que sejam tomadas decisões e que se implementem ações na busca de melhorias contínuas tanto em nível do estudante, individualmente, como em nível do curso de graduação, de uma forma mais global.

- Uma outra vantagem da realização do Teste de Progresso é permitir treinamento na realização de avaliações, com vistas à realização futura de processos seletivos e avaliativos (como a avaliação seriada bianual proposta pelas novas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Medicina - 2014) dos quais os estudantes participarão, como por exemplo, os processos seletivos para programas de Residência Médica.

- Adicionalmente, importantes Hospitais de Ensino do país têm considerado a participação em Testes de Progresso como parte de atividades que recebem pontuação na análise do curriculum vitae dos candidatos à admissão em programas de Residência Médica. Esta é uma tendência que deverá expandir-se para outros hospitais escola e sua inclusão em etapas da avaliação da próxima seleção aos Programas de Residência Médica do Hospital Universitário de Brasília e da Secretaria de Saúde do Distrito Federal já foi solicitada e está em fase de discussão.

 

8) Como será feita a divulgação dos resultados do Teste de Progresso?

Os resultados individuais do Teste de Progresso não serão divulgados de forma pública. Cada estudante poderá, individualmente e mediante a inserção de senha pessoal, ter acesso ao resultado do seu Teste de Progresso e da evolução de seus resultados (progresso) ao longo dos próximos anos.

 

9) Em caso de dúvidas sobre o Teste de Progresso, a quem devo recorrer? 

As dúvidas relativas ao Teste de Progresso devem ser direcionadas ao Setor de Apoio Pedagógico do Curso. Telefone: 3035-3917.