Faciplac participa do Congresso Brasileiro de Educação Médica

O Centro Universitário da União do Planalto Central Apparecido dos Santos – FACIPLAC – participa até domingo (4/11) do 56º Congresso Brasileiro de Educação Médica, realizado em Vitória, Espírito Santo. A Faciplac está representada por alunos dos 9º e 10º períodos, além de Professores, Coordenação do Curso e Dirigentes.

Para o estudante Victor Franco de Azevedo, do 10º período do curso de Medicina da Faciplac, o evento fortalece o papel pedagógico na formação médica. “É a primeira vez que participo de um congresso nacional fora de Brasília. Sem dúvidas, esse tipo de evento contribui bastante para a minha formação. Nas oficinas, temos percebido como a tecnologia aliada às novas técnicas de ensino é, de fato, o futuro da educação médica”.

A aluna Andreza Andrade Barbosa, do 9º período, destaca que levará para toda a vida os conhecimentos obtidos no evento. “O Congresso tem sido muito rico, em todos os sentidos. Tenho gostado bastante das palestras e atividades sobre saúde mental. Mas também ressaltaria que a estrutura de simulação realística, anunciada aqui como uma grande novidade e capaz de promover mudanças expressivas na formação dos futuros médicos, já é utilizada há algum tempo na Faciplac. Agradeço demais pela oportunidade. Toda essa vivência só terá a contribuir para a minha formação profissional.”

 

"O futuro da educação médica"

O Reitor do Centro Universitário, Prof. Dr. Walter Paulo Filho, explica que o Congresso debate os aspectos atuais e as perspectivas para o futuro da educação médica, com o objetivo de construir de redes colaborativas entre os sujeitos envolvidos nessas transformações. “A medicina está na vanguarda da pedagogia. Tudo de novo que acontece em termos de metodologia de educação passa pela medicina. O que a gente está vendo aqui é o futuro da educação médica. Também destaco a consolidação do Teste de Progresso, que passa a ter uma importância nacional extraordinária. Cada vez mais, a Faciplac se aproxima das melhores práticas internacionais e passa a ter posição de referência na educação médica nacional”.

 

Alunos serão multiplicadores 

O Coordenador Curso de Medicina da Faciplac, Prof. Flávio Moura, reitera que o Congresso Brasileiro de Educação Médica apresenta novos conceitos e as mais atualizadas metodologias médicas. “Há uma verdadeira mudança de paradigmas. A atenção sai do docente e vai para o discente, em um aprimoramento constante dos nossos futuros colegas de profissão. É um circulo virtuoso. O aprofundamento do senso crítico dos estudantes aqui presentes é notório. Eles serão multiplicadores desse conhecimento aos demais alunos”.

 

Compartilhamento de experiências inovadoras

O Prof. Helmgton José Brito de Souza, que também integra a delegação da Faciplac, observa que o 56º COBEM promove reflexões sobre o que e como ensinar nas escolas médicas, a impotância do compartilhamento de experiências inovadoras, buscando sempre influenciar as melhores políticas públicas de educação e saúde. “A integração e a troca de ideias é um diferencial desse tipo de evento, que proporciona debates acadêmicos de níveis elevados, sendo uma oportunidade incrível para atualização de conhecimento e acesso as novidades da área. A participação de alunos, professores, coordenadores de curso e dirigentes só fortalece o ambiente acadêmico. Tem sido um evento magnífico.

  

  • Na foto, da esquerda para a direita, estão o aluno Victor Azevedo, a estudante Andreza Andrade Barbosa, o Reitor do Centro Universitário, Prof. Dr. Walter Paulo Filho, o Prof. Helmgton José Brito de Souza, o Coordenador do Curso de Medicina da Faciplac, Prof. Flávio Moura, e a Profª. Kátia Paula de Araújo.